07 abril 2006

A volta do Liberal

Em homenagem à volta do Barnabé, farei eco a seu último post.

A Varig vai quebrar. Correção, a Varig está quebrada faz muito tempo, mas parece que desta vez vai para o buraco mesmo. Ou isso ou o escarcéu que estão fazendo dará origem a algum plano milagroso do governo.

E tem safado que advoga que a sociedade deve pagar o pato para salvar uma empresa que, conforme o mesmo safado publicou, gasta R$ 6 milhões por ano com caviar enquanto não consegue pagar funcionários. Esse jabaculento, que deve ter ganho algumas passagens para Paris para escrever na Ícaro, acha que a sociedade deve recompensar esse tipo de gerenciamento. Não com meu rico dinheirinho retido na malha fina da Receita para agregar ao superávit primário!!!!

Desde que minhas milhas ainda possam ser utilizadas em outras companhias da Star Alliance, que quebre. Mais, que abram o mercado às empresas internacionais para que quebre mais rápido, assim eu uso minhas milhas para ir para Brasília de SAS. Só por via das dúvidas, viajo na Páscoa de TAM.

PS 8/4: Quem mais entende de viagem no Brasil concorda que temos mais que abrir o mercado e deixar a Varig morrer...

3 comentaram:

Alfred E. Neuman disse...

Putz, eu tinha esquecido esse negócio das milhas! Pior que se a gente vender agora vai tomar prejuízo, pois a procura deve estar lá embaixo e a oferta, lá em cima. Mifu.

Lucia Malla disse...

Tenho razões pessoais para me preocupar mais com a quebra (inevitável) da Varig: meu tio trabalha lá - e ele há mais de 10 anos fala q a Varig está muito mal das pernas. Mas mesmo assim, as milhas são outro ponto nevrálgico pessoal da questão para mim: se não for possível passá-las para outro cartão de milhagem da Star Alliance, perderei MUITO. Mas fico curiosa pela solução q será dada aos Smiles owners... como que se gerencia os clientes "tradicionais" da empresa numa situação dessa, principalmente nesse mercado cheio de alianças?

(Barnabé voltou furioso, não? :-))

Beijos.

Luisfel disse...

as milhas do smiles podem ser usadas na star alliance regularmente por 5000 milhas. é caro, mas é melhor que nada.

Isso vale para qualquer milha de qualquer empresa da aliança. Eu usei 25000 milhas da United para ir ao Peru de Varig.

Ah, e concordo: que quebre! Os funcionários são ótimos e vão arranjar emprego nas empresas que ocuparem o vácuo deixado para trás, existem passageiros usando os trechos, o que faltou foi competência administrativa...